Café Guarany - Porto

GPS: 41° 8'51.67"N 8°36'41.29"W - Avenida dos Aliados, 85/89, Porto

O frenesim eléctrico da avenida dos Aliados, em pleno centro do Porto, empurra-nos para um momento de descontração num dos cafés das redondezas. E, se procuram um local emblemático e envolto em história, o Guarany tem que ser a vossa primeira escolha.

Apesar de ter sido inaugurado em 1933, o Guarany não ficou teimosamente amarrado aquela época, talvez devido ao restauro que sofreu em 2003. O que se destaca imediatamente são as obras de Graça Morais que retratam a cultura dos índios Guarany. O nome Guarany advém da tribo de índios que dominou uma zona da América Meridional, actualmente ocupada pelo Paraguai, Uruguai e Paraná (Brasil). Esta não era propriamente uma ligação directa à tribo, mas sim uma alusão ao local de onde vinha o melhor café do mundo, o Brasil.

O espaço é amplo terminando num longo balcão. No tecto continua a morar o alto-relevo do índio que dá nome à casa e uma das imagens de marca do café. Acabamos por escolher uma das mesas encostadas à janela de modo a podermos estar em contacto com a artéria da cidade. Apesar de o café servir refeições, menus de pequeno-almoço e um exemplar “Serviço de Chá à Guarany”, decidimos ficar-nos pelo famoso café.

Um cartaz na janela ao nosso lado anuncia a noite de fados que se aproxima. Felizmente o Guarany continua a manter a sua reputação de um local de convívio e de eventos culturais. Existem frequentemente concertos ou noites de fado, meetings e debates. Isso explica porque é que o Guarany continua a ser frequentado por músicos, intelectuais e políticos.

Se vai visitar a cidade do Porto não pode deixar de entrar no Guarany.

 

Avenida dos Aliados, 85/89, Porto

GPS:  41° 8'51.67"N   8°36'41.29"W

Website: www.cafeguarany.com

GPS: 41° 8'51.67"N 8°36'41.29"W