Pasteis de Belém, Café - Lisboa

GPS: 38°41'50.72"N 9°12'11.74"W

GPS: 38°41'50.72"N  9°12'11.74"W

Pasteis de Belém – Lisboa

Se há um café incontornável em Lisboa, é a Fábrica dos Pasteis de Belém. Os lisboetas sabem-no, os portugueses sabem-no e os turistas estrangeiros sabem-no. Isso explica as longas filas que verá todos os dias, a todas as horas.

Quando se olha a fachada não se tem a noção de quão grande o espaço é. Mas é grande. Muito grande. Quase tão grande quanto a história e o prestígio da Antiga Confeitaria de Belém.

Para compreendermos a origem dos pastéis de Belém e deste local emblemático temos que recuar no tempo, mais propriamente para a altura da guerra civil em Portugal, entre os liberais e os absolutistas. Após a victória do campo liberal iniciou-se um ataque às instituições religiosas. Em 1834 são encerrados os conventos e mosteiros e os seus trabalhadores e o próprio clero foram expulsos. O Mosteiro dos Jerónimos, aqui mesmo ao lado (se ainda não foi, deve ir visitá-lo), não foi excepção. Perto do mosteiro existia, na altura, uma refinaria de cana-de-açúcar e, por uma questão de sobrevivência, decidiram criar uns pastéis que rapidamente ganharam o epíteto de “Pastéis de Belém”.

A sobrevivência ficou assegurada e, em 1837, começou a laborar a Fábrica dos Pastéis de Belém nas instalações anexas à refinaria. A produção dos pastéis foi aumentando ao longo dos anos assim como a sua popularidade, sempre com a receita secreta oriunda do Mosteiro dos Jerónimos e transmitida de mestre pasteleiro a mestre pasteleiro.

Assim que conseguir passar pelo aglomerado de pessoas vai poder deambular por salas, de azulejo branco e azul, decoradas com objectos de tempos idos. Vai poder, igualmente, ver partes da fábrica, nomeadamente a parte final de quando os pastéis são retirados do forno e expostos sobre enormes tabuleiros. O aroma doce dos pastéis e da canela espalha-se por todo o lado. São os companheiros ideais para o guiar até à mesa onde é obrigatório pedir os pastéis de Belém. Quando os provar vai perceber a importância de uma história de quase dois séculos e porque é que são tão diferentes dos pastéis de nata vendidos por todo o país.

Rua de Belém nº 84 ao 92, Lisboa

Website: pasteisdebelem.pt

GPS: 38°41'50.72"N 9°12'11.74"W