::: PICOTE ::: "Aldeias de Portugal"

::: PICOTE ::: - Miranda do Douro - Bragança

Picote, pertencente ao concelho de Miranda do Douro, ergue-se sobranceira ao Douro e integra o Parque Natural do Douro Internacional. A aldeia tem origem num povoado proto-histórico como o comprovam os inúmeros vestígios rupestres pré-históricos, dos quais se destaca a inscultura rupestre de um caçador com arco, descoberta na Fraga do Puio.

No Largo do Toural, contemple o núcleo de casas rurais antigas, em granito, geralmente com dois pisos. Admire a Igreja Matriz e, junto a esta, as Sepulturas Medievais esculpidas na rocha.

Descubra a Capela de Santo Cristo dos Carrascos, de origem medieval, situada do local onde supostamente terá sido a necrópole romana. Aqui foram encontradas mais de vinte estelas funerárias romanas, esculpidas em mármore, que se encontram nos Museus de Miranda do Douro e de Bragança.

Atente, ainda, nos moinhos de água em ruínas e nos lagares de azeite que nos transportam para outros tempos! A Barragem do Picote (1958), a mais antiga do troço internacional do Douro, merece um olhar atento, bem como o Barrocal do Douro, aldeamento construído para os funcionários da barragem que constitui um notável exemplo da arquitetura modernista portuguesa dos anos 50 e 60. Se gosta de aventura, faça o percurso pelas arribas do Douro, entre Barca de Alva e São João das Arribas e perca-se em paisagens de cortar a respiração.

Aprecie a beleza natural da Fraga do Puio, miradouro privilegiado de onde se avistam fragas e precipícios e lá em baixo, no fundo do vale, o Douro! Vá mirando o céu: não são raras as vezes em que se avistam a águia-real, um abutre-do-egipto ou um grifo. As danças de roda ou dos pauliteiros são típicas nesta região e animam as festas em Picote.

A 2ª língua oficial portuguesa, o mirandês, constitui uma das mais ricas e vivas ligações com o passado histórico da região encontrando-se patente, por exemplo, nas placas toponímicas da freguesia.