::::::: ROTA TEJO ::::::

Ao encontro do TEJO Internacional

GRANDES RIOS DE PORTUGAL, By Alexandre Correia

"O ponto de partida é a cidade estremenha de ALCANTARA, que se ergue no cimo de um cerro sobranceiro ao TEJO, na margem esquerda do mesmo, que aí mesmo é atravessado por uma das maiores e mais imponentes pontes ROMANAS que chegaram até aos nossos dias. Nem que fosse so para a apreciar, já valia a pena irmos até lá! "


1º SEGMENTO DE ROTA:

O TEJO de Alcantara a Vila Velha de Ródão

A Ponte sobre o Rio Ponsul - Idanha-a-Velha




2º SEGMENTO DE ROTA:

|||||| NISA - CONSTANCIA ||||||


Para o segundo segmento de ROTA reservamos a terceira e quarta etapa.

Na ETAPA 3 voltamos um pouco mais atrás, contrariando o sentido do rio para irmos ao encontro da barragem de Cedilhe, onde o Tejo finalmente se torna português, seja à direita, seja à esquerda.

Nesta ETAPA 3 que liga NISA a AMIEIRA DO TEJO, visitando aldeias perdidas na raia, mas também pontos onde o rio transborda história. E beleza!

A partir da quarta etapa, que sai de Amieira do Tejo e estende-se até Constância, o Tejo despede-se das paragens beirãs e torna-se ribatejano. Daqui em diante, o curso do rio deixa de seguir apertado entre arribas agrestes, onde o xisto, o quartzo e o granito partilham o domínio com algumas oliveiras que ainda resistem à esmagadora mancha de floresta de … eucalipto.

Em direção a Lisboa e ao Bugio, onde finalmente se encontra com o Atlântico, o Tejo espreguiça-se por amplas e planas margens, num vale que somente desaparece com a chegada a Lisboa e a Almada, onde volta a apertar-se entre colinas.

ETAPA 3 - NISA - AMIEIRA DO TEJO

ETAPA 4 - AMIEIRA DO TEJO - CONSTANCIA



3º SEGMENTO DE ROTA:

|||||| CONSTANCIA - ALCOCHETE ||||||

ETAPA 5 - CONSTANCIA - VALADA ||| ETAPA 6 - V.F.XIRA - ALCOCHETE


Este terceiro segmento completa a ROTA TEJO com a QUINTA e SEXTA etapa.

Primeiro vamos de Constância até Valada, pequena aldeia que somente está separada do Tejo por um dique, que nem sempre é suficiente para conter as águas e impedir que ultrapassem o muro e invadam as casas e os campos. Já começamos a aproximar-nos de Lisboa, mas embora perto, o caminho é longo e a derradeira etapa, a sexta, é uma das mais ricas em motivos de “distrações”. E tal como se iniciou, assim termina esta rota: com a visita a mais uma área protegida, a Reserva Natural do Estuário do Tejo, desde Vila Franca de Xira a Alcochete.